Se você pretende construir uma casa e está em dúvida sobre qual o melhor tijolo para a construção – o tradicional de cerâmica ou o de concreto – fique atento a resposta do arquiteto Osvaldo Santos Júnior.

“Tanto os tijolos de cerâmica como os de concreto, são bons materiais para se construir e são muito semelhantes nos custos finais, porém tem que se levar em conta o objetivo do uso do material ou da obra a ser executada. O tijolo de concreto é autoportante, ou seja, não necessita

de pilares de concreto para sustentação. As próprias paredes erguidas se tornam a estrutura da obra construída. Por esse motivo não se pode modificar, nem instalar novas janelas ou vãos de portas. Na instalação de futuras tomadas, estas deverão ser feitas externamente.

Se for construir grandes áreas ou paredes, onde não se pretende modificar como, por exemplos, muros , paredes de barracões, apartamentos construídos em série ou residências que não se modificarão mais, a rapidez do tijolo de concreto faz a obra ficar mais vantajosa . Porém se a intenção é construir uma residência que poderá passar por reformas ou alterações futuramente, o adequado é utilizar o tradicional tijolo cerâmico.

Quanto a impermeabilidade, nos dois casos a parede externa deverá receber um reboco impermeabilizante adequado e pintura com capacidade de impedir a infiltração de água.

Antes de começar a obra ou escolher qual será o material mais adequado é importante que se consulte um arquiteto ou engenheiro, devidamente registrado no Crea. Esses profissionais oferecerão o projeto mais apropriado e os custos de cada material utilizado, visando economia, praticidade e eficiência da obra”.

Fonte: http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-32–5-20100105&tit=qual+a+melhor+escolha+tijolo+de+concreto+ou+de+ceramica

Descubra qual é o melhor tijolo para sua construção

Na hora de construir, a escolha do tipo de tijolo é fundamental. Geralmente, por ser cerâmico, este material apresenta um bom desempenho térmico. A facilidade de ser encontrado e utilizado é outra vantagem. No entanto, a falta de padronização da maior parte das peças gera muitas quebras para encaixe durante a obra, contribuindo com o desperdício e produção de entulho.

A decisão na hora da compra deve ser orientada pelo tipo do projeto, resistência térmica e custo. Nessa escolha, talvez o assunto com peso maior seja o custo. Neste caso, não pense apenas no valor da unidade, mas no valor final das paredes. Para isso, considere a argamassa de assentamento e revestimento. Tijolos mais baratos dão prejuízo, pois a perda é grande e as imperfeições precisam ser corrigidas com aumento na espessura da massa, gastando mais cimento.

Conheça a seguir os principais tipos de tijolos, seus usos, vantagens e desvantagens.

Tijolo maciço, a vista, comum ou de barro cozido

Apesar de tantos nomes o tijolo maciço é pequeno, mas exige um gasto relativamente elevado com argamassa e mão-de-obra. Por outro lado, proporciona grande conforto térmico e acústico.

Se a ideia é deixar a alvenaria aparente, invista nos vários modelos e cores, mas não se esqueça de impermeabilizá-los. Para evitar o desgaste natural ou infiltrações, é necessária a aplicação de vernizes e selantes.

Tijolo de furo ou tijolo baiano

É o mais barato, porém tem maior índice de desperdício. Não suporta cargas estruturais, porém possui desempenho térmico superior ao tijolo comum. As ranhuras facilitam a aderência da argamassa e os furos diminuem seu peso. É facilmente encontrado para compra. Em geral se encontra os de 6 furos e de 8 furos, mas há uma grande variedade de tijolos furados.

Tijolo laminado

Estes, por sua vez, são mais resistentes e menos porosos, o que resulta em uma menor absorção de água. É perfeito para alvenaria aparente, pois a superfície lisa confere bom acabamento e não permite a aplicação de argamassa de revestimento. A desvantagem é o custo. Seu assentamento é mais caro, pois os furos absorvem grande quantidade de argamassa.

Tijolo refratário

Um tipo especial de tijolo feito com argila enriquecida e materiais que diminuem a absorção de calor, suportando altas temperaturas. Funcionam bem como isolantes térmicos.

Tijolos de solo-cimento

Uma boa alternativa aos blocos de concreto, ótima solução para habilitações populares. Construções feitas com solo-cimento resultam em ambientes com ótimo conforto térmico, deixando mais estável a temperatura interna. (Fonte: Hagah/SC)

Fonte: http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-32–43-20121129&tit=descubra+qual+e+o+melhor+tijolo+para+sua+construcao

 

Você também poderá gostar de ler: